Dê sua opnião

Sobre o visual do site

Conteúdo

Área do Cliente

Diga o que você achou do visual do novo site da Gerardo Bastos:

Gerardo Bastos

0800 9798322

Seg a Sex, das 07:30 às 17:30
Sáb, das 07:30 às 12:00

Chat Off-line

Atendimento Virtual

 
Manutenção das velas de ignição

10 de janeiro, terça-feira às 19:57

Existem componentes que precisam de cuidados especiais e as velas de ignição estão entre eles. Elas são responsáveis por gerar a faísca que faz explodir o combustível e o motor girar. Esses elementos são relativamente baratos, mas podem prejudicar bastante outros componentes do carro caso não estejam em bom funcionamento. O propulsor pode ser afetado por conta do acúmulo de resíduos na câmara de combustão e, além disso, pode aumentar consumo e os níveis de emissões de poluentes.

As velas podem apresentar alguns sintomas que indicam mau funcionamento. Entre esse sintomas estão: falhas na aceleração, vibrações constantes e excessivas do motor e aumento do consumo de combustível. Juntamente às velas devem ser checados também os cabos, pois eles que levam a tensão das bobinas para os componentes e se apresentarem desgaste podem comprometer o sistema de ignição.

O ideal é que a troca das velas seja feita após 40.000 km rodados, pois como todos os componentes de um carro, elas têm vida útil. É importante sempre verificar o manual do veículo, o fabricante sempre tem especificações para esse componente e para os cabos também, existe até uma tabela de correspondência entre componente e motor. Respeite as determinações do manual e nunca substitua as peças por peças inferiores ou não recomendadas.